Quanto devo cobrar pelos meus produtos ou serviços?

Por Criar.io

11/10/2018     Tempo de leitura: 2.6 min

Quanto devo cobrar pelos meus produtos ou serviços?

Quando iniciamos um novo negócio, uma das dúvidas mais frequentes é quanto cobrar por um produto ou serviço. Será que o preço que você cobra está satisfazendo suas necessidades sem prejudicar o seu cliente?

No post de hoje, vamos te ensinar a saber quanto deve cobrar pelos seus produtos ou serviços, de uma forma bastante simplificada e direta. Ao final, você já será capaz de refazer seus preços para caber melhor em suas necessidades. Vamos lá!

Como saber quanto cobrar por um produto ou serviço?

O valor que você deve cobrar por um produto ou serviço precisa atender a três requisitos básicos.

Primeiro, ele precisa ser capaz de cobrir os custos do produto ou do serviço. No caso de produtos, os custos se referem principalmente a matéria prima, enquanto, no caso de serviços, representam a mão-de-obra dos profissionais.

Em segundo lugar, precisam ser cobertas as despesas que envolvem a disponibilização desse produto ou serviço. Isso inclui gastos como aluguel, internet, luz, água e salário dos funcionários.

O terceiro requisito, mas não o menos importante, é o seu próprio lucro. Você deve estabelecer uma margem de lucro sobre os custos do seu produto ou serviço para saber quanto cobrar.

Exemplos práticos

Produto

Vamos dar um exemplo de produto. Imagine que você vende bolos para festas de aniversário. Somando todos os itens necessários para fazer o bolo, você gastou R$20,00. Reserve este valor.

Agora imagine que você vende 30 bolos por mês, e que suas despesas de água, luz, gás, aluguel e internet (para divulgação) somem R$1.500,00. Você vai dividir essa quantia por 30, que é a quantidade de bolos que vende por mês, para chegar ao valor de R$50,00, que seria sua despesa por produto.

Em seguida, vamos somar o valor de custo e o valor de despesa por produto à porcentagem de lucro. Imagine 100% de lucro sobre o custo, ou seja, R$20,00. Então, temos:

Pronto, você já sabe quanto cobrar por seu produto.

Serviço

No caso do serviço, é exatamente a mesma coisa. Só que imagine a situação aplicada à realidade do serviço. Vamos pegar o exemplo de um designer gráfico.

Para custear a produção de suas peças, ele utiliza assinaturas de softwares específicos. Cada peça entregue compreende uma porcentagem desse custo, de R$50,00. Além disso, todas as contas de aluguel, água, luz, internet, etc, somam R$50,00.

Como margem de lucro, ele determinou 100% sobre o custo, que seriam R$50,00. Dessa forma, para descobrir quanto cobrar por um serviço, temos:

Porém, no caso dos serviços, deve ser levado em consideração o tempo gasto para realizar o trabalho. Imagine que esse profissional gasta 5 horas para finalizar uma peça de design. Isso quer dizer que R$150,00 é o preço que ele cobra por 5 horas de trabalho.

Caso seja necessário realizar um trabalho que leve muito mais tempo do que isso, deve ser adicionada uma porcentagem sobre o valor total, de acordo com o tempo a mais.

Pronto, agora você já sabe quanto cobrar por seu produto ou serviço. É só fazer as contas baseadas na sua margem de lucro. Os exemplos acima são ilustrativos. Em cenários reais, alguns economistas recomendam 30% de lucro para produtos e 50% para serviços.

search
Criar e imprimir cartão de visita e flyer

Outros artigos que podem ser do seu interesse