Como controlar melhor seus gastos e despesas

Por Criar.io

23/08/2019     Tempo de leitura: 2.5 min

Como controlar melhor seus gastos e despesas

A primeira coisa a fazer quando pensamos em organizar nossa vida financeira é o controle das despesas e dos gastos. A educação financeira pode ajudar a controlar melhor a sua vida e evitar que as contas fiquem no vermelho.

Hoje, vamos te ensinar como controlar suas despesas e ter uma saúde financeira melhor. Acompanhe!

Como ter educação financeira e melhorar o controle sobre o dinheiro?

1 - Anote seus gastos

O primeiro passo para uma educação financeira é anotar tudo o que você gasta. Isso inclui até mesmo as pequenas compras. Você pode utilizar o meio que preferir, seja um caderno, uma planilha ou até mesmo anotações no smartphone.

O que importa é anotar absolutamente tudo. Até mesmo o pãozinho que você compra para o café, passagens de transporte público, ou aquele sorvete de R$2,00 na hora do almoço. Parecem gastos muito pequenos para serem considerados um risco à sua saúde financeira, mas no fim do mês a soma deles prova o contrário.

2 – Tenha uma planilha financeira

Na vida de um empreendedor, o que não faltam são planilhas. Afinal, elas nos ajudam a controlar diversas situações importantes do nosso dia a dia. Uma dessas situações é a educação financeira e, portanto, deve existir uma planilha dedicada a ela.

Você pode criar sua própria planilha ou baixar uma da internet. Seja como for, é importante criar o hábito de anotar absolutamente tudo nessa planilha. Todos os dias, antes de dormir (ou ao longo do dia, se preferir), reserve dez minutos para fazer o acompanhamento da sua planilha.

Você deve lançar todos os gastos, despesas fixas e receitas. O resultado será uma ciência maior sobre o que você pode e o que não pode gastar, quanto dinheiro vai sobrar, quanto ainda falta pagar, quanto você pode investir, etc.

3 – Comece pelas dívidas

A próxima etapa para ter uma boa educação financeira é saber exatamente quanto você deve e para quem.

Anote suas dívidas com o nome das instituições ou das pessoas e o valor correspondente. Comece a pagar sempre pelas maiores.

Os parcelamentos nunca devem comprometer mais do que 30% da sua renda líquida. Aos poucos, conforme as dívidas forem sendo liquidadas, você conseguirá abrir mais espaço em seu orçamento para outros gastos. Quitar as dívidas é o mais importante a ser feito para ter uma saúde financeira equilibrada e balanceada.

4 – Cuidado com as compras por impulso

Compras por impulso estão entre as maiores vilãs da educação financeira. Elas acontecem em todos os lugares.

Lojas, shopping, mercado, internet e até mesmo na rua de casa. Fique atento. O correto é planejar exatamente o que você precisa e pode gastar ao longo do mês e não se desviar desse planejamento.

Resista às tentações, sabendo que a satisfação momentânea vem acompanhada da culpa e do arrependimento para mais tarde. Antes de comprar algo, pense novamente se você realmente precisa daquilo.

Seguindo estas dicas, você terá uma educação financeira mais saudável e será capaz de aproveitar a sobra de dinheiro no fim do mês para investir em si mesmo e no seu negócio.

search
Criar e imprimir cartão de visita e flyer

Outros artigos que podem ser do seu interesse